Hábitos que ajudam controlar a ansiedade e emagrecer

A ansiedade já faz parte do nosso dia a dia, além disso, estar ansioso é um dos principais vilões para se obter uma alimentação saudável. Como manter o foco, controlar a ansiedade e emagrecer, quando a  preocupação intensa direciona para comer compulsivamente e atacar a geladeira?

Hábitos que ajudam  controlar a ansiedade e emagrecer

Dois hormônios que o seu sistema produz quando você está estressado são: adrenalina e cortisol. Quando o nível desses  hormônios estão elevados são capazes de  enganar o sistema que pensa estar sob ataque e com necessidade de energia. Aliás, o estresse reduz os níveis de serotonina do cérebro, um dos motivos que pode fazer você sentir mais fome. Porém, há várias dicas de hábitos saudáveis que podem te ajudar a controlar a ansiedade e atingir o objetivo de perder peso. Confira:

Dê atenção à alimentação

Ao iniciar uma refeição, se concentre na alimentação, coma devagar e mastigue bem os alimentos. Isso fará com que você tenha a sensação de saciedade. É muito importante se afastar de distrações, como celular e televisão.

Doces

Quando estamos ansiosos, muitas das vezes apelamos para os doces. Se a vontade for grande, escolha por receitas de doces mais saudáveis.

Pratique exercícios físicos

Praticar atividades físicas ajudam a reduzir o estresse e a controlar a ansiedade, aumentam o controle emocional, o equilíbrio de hormônios e ajudam a manter o peso corporal adequado para se manter uma boa saúde física.

Desvie o foco

Busque fazer outras atividades, como ouvir música e ler um livro. Tenha sempre uma alternativa para deixar o alimento de lado e relaxar.

Não pule refeições

Pois este hábito altera a glicemia e provoca mais compulsão na refeição seguinte.

Beba chá

Os chás que contêm o efeito calmante também ajudam no autocontrole. Experimente chás como: melissa, camomila e erva doce. O maracujá também possui propriedades calmantes, tanto a fruta como suas folhas.

 Como a Terapia pode ajudar no processo de reeducação alimentar

Culturalmente foi nos ensinado que quando recebemos alguém em nossa casa, precisamos oferecer algum  tipo de guloseimas como um bolinho, cafezinho, numa tentativa de mostrar o quanto estamos felizes.O comer está diretamente ligado ao bem-estar.

Quando passamos por algum momento ruim que nos faz sentir frustrados e tristes, buscamos o nosso consolo na comida e assim exagerado na quantidade – Ex: uma barra de chocolate inteira, um pacote de biscoito recheado, litros de refrigerante, massas, sorvete – tudo que traga momentaneamente sentimentos de prazer e felicidade.

Comer é importante para a sobrevivência humana, porém quando exagerado, pode trazer prejuízos tanto físicos quanto emocionais.

Estar acima do peso interfere diretamente na autoestima.Por mais que revistas, sites, blogs e redes sociais façam campanhas de afirmação dizendo que emagrecer é muito simples, para algumas pessoas essa verdade não faz parte da sua REALIDADE. Perder peso não envolve somente cuidar da alimentação e realizar exercícios físicos. Embora esses passos sejam essenciais, a mudança de vida envolve também o fator psicológico.

Porque muitas pessoas sentem dificuldade em emagrecer?

Um dos motivos está em comer mais do que o necessário, outro motivo é a falta de atividade física, porém existem também disfunções fisiológicas causadas por problemas emocionais. Raiva, ansiedade, depressão, compulsão alimentar, traumas, perda do emprego, morte de um familiar são motivos para desencadear um distúrbio alimentar e falta de vontade de se exercitar. Às vezes a correria do dia a dia faz com que as pessoas optem por alimentos práticos e rápidos. Ex: comidas congeladas do mercado, salgadinhos, fast food e etc.

Uma pessoa é capaz de emagrecer sozinha?

Sim, todos tem essa capacidade de conseguir emagrecer sozinho. Cabe  a pessoa tomar essa decisão e fazer uma mudança do estilo de vida e começar a escolher alimentos mais saudáveis na sua refeição. O que acontece é que algumas pessoas ainda não conseguem lidar com as primeiras dificuldades que possam surgir.

Quando você tem um objetivo e algo que realmente te motive a adotar uma vida saudável, o caminho é trilhado com clareza. Porém, dependendo do que o motivou a perder peso, ao menor sinal de ansiedade, raiva ou episódio de depressão, você pode voltar ao estilo antigo de se alimentar.

Mudar os hábitos não é uma tarefa simples, pois exige disciplina, persistência e força de vontade e, mesmo o indivíduo mais saudável mentalmente, pode sentir dificuldade no início. E ele pode e deve procurar um psicólogo se sentir necessidade de aprender a lidar com os obstáculos do caminho.

A terapia pode auxiliar no processo de emagrecimento?

A terapia pode ser uma grande aliada na perda de peso, pois trabalha com os pensamentos, sentimentos e comportamentos que envolvem todo o processo de emagrecimento. Durante a terapia, a pessoa aprende a lidar com a ansiedade, tristeza, estresse e culpa e aprende a organizar melhor sua rotina.

Durante o processo terapêutico, a pessoa deixa de esperar que a dieta faça “milagres” e começa a se responsabilizar pelos seus atos de comer. A terapia promove o autoconhecimento e ensina novas formas de lidar com os impulsos de comer, ajuda na aderência à dieta e às instruções do nutricionista e educadores físicos, clareia as diferenças entre fome e vontade de comer.

Conclusão

É de extrema importância o trabalho em conjunto entre nutricionista e psicólogo. O Nutricionista explicará quais são as mudanças alimentares necessárias para melhorar a saúde e o psicólogo vai ajudar a lidar com as dificuldades que aparecerem no caminho.

O trabalho do psicólogo é identificar o que não está funcionando em relação aos sentimentos e bem-estar, e ligá-los ao comportamento alimentar. Após essa análise, o psicólogo repassa ao nutricionista suas percepções ou encoraja o paciente a conseguir expressar suas descobertas e melhorias emocionais durante a consulta nutricional. Portanto, converse com seu psicólogo, explique as dificuldades emocionais que interferem na sua mudança de adotar um novo estilo de vida e emagrecer com saúde.

Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.